O sistema e composto de um software central idêntico ao utilizado pela segurança pública do estado e do município, que utiliza inteligência analítica das imagens capturadas alertando os operadores de situações diversas programadas.  Isso permite a atenção dos operadores somente para os alertas enviados pelo sistema otimizando o uso de recursos humanos na atividade de monitoramento. Alguns dos analíticos disponíveis se encontram na figura abaixo são eles: Detecção de movimento, objeto deixado, captura de faces, oclusão de imagem, imagem fora de foco, delimitação de área de controle, direção do movimento, e etc.

O sistema permite a criação de mapas sinópticos inteligentes que apresentam a localidade das câmeras e outros dispositivos de automação integrados ao sistema, permitindo ao operador acessar com facilidade outras câmeras e dispositivos próximos ao evento detectado.

Atualmente o condomínio conta com 240 câmeras IP (internet protocol) POE (power over ethernet ou energizadas pela rede) de alta resolução, com sistema de infravermelho para visão noturna, e função WDR (Wide Dynamic Range ou Amplo Alcance Dinâmico), distribuídas em todos os pavimentos do condomínio de forma a garantir a visualização e o controle inteligente das atividades diárias.

A função WDR possibilita que câmeras de monitoramento produzam imagens nítidas em cenas de alto contraste de iluminação, que apresentam simultaneamente áreas com excesso de sombra e extrema luminosidade. Essa tecnologia corrige a variação de luz e aumenta a capacidade da câmera de identificar objetos e pessoas.

O sistema de CFTV conta ainda com três câmeras Full HD que permitem movimentação pelo operador, duas delas com capacidade de ampliação de imagem ótica até 20 vezes, e uma câmera, instalada no terraço, com capacidade de ampliação de imagem ótica de até 60 vezes.

As imagens ficam armazenadas de 15 a 30 dias dependendo dos movimentos detectados pelo sistema. Essas imagens podem ser acessadas remotamente, em tempo real, pela gerencia operacional do condomínio, permitindo uma rápida resposta aos problemas apresentados.

O acesso as imagens das câmeras externas do condomínio são disponibilizadas, através do Projeto Bairro mais Seguro, as autoridades de Segurança Pública do Estado (PMERJ) e Ordem Pública do Município (SEOP), de forma direta e continua, permitindo o uso compartilhado dessas imagens em ocorrências diversas no entorno do condomínio, garantindo uma parceria bem sucedida entre o condomínio e essas autoridades.

PROJETO BACKBONE

O projeto Backbone, como o nome já diz, e a espinha dorsal de comunicação de dados voz e imagem do condomínio.

O condomínio implantou uma rede de fibras óticas de ultima geração, resistente a chamas e roedores, inseridos dentro de eletrodutos galvanizados, instalados verticalmente em todos os pavimentos do condomínio.

Essas fibras óticas garantem a conectividade de todos os dispositivos que tem conexão de rede ethernet tais como, CFTV imagens digitais, automação controles diversos, dados, voz dobre dados, rede WiFi, TV digital controle de acesso, dispositivos de controle diversos.

O condomínio esta preparado para as mudanças tecnológicas atuais e as que virão, pois a rede de fibras óticas garantem velocidades de até 10 Giga bits por segundo.

Conectando essa rede de fibras óticas foram instalados switches de ultima geração inteligentes capazes de criar e gerenciar redes virtuais que podem ser programadas remotamente pelos operadores do sistema, garantindo o máximo de eficiência no trafego de rede do condomínio.

mapa elpm