elpm tecnologia banner automacao predial creme2

Automação Predial

Através de um conjunto integrado de ferramentas - computadores, softwares e instrumentos controladores, o Sistema de Automação Predial do Edifício Linneo de Paula Machado monitora os sistemas de: iluminação de emergência e convencional, abastecimento de água, detecção e alarme de incêndio, ventilação das escadas de emergência e renovação de ar dos demais ambientes, refrigeração e energia elétrica.

O sistema é capaz de monitorar, por exemplo, o nível das cisternas de água potável, a temperatura de saída de água gelada de cada centrífuga e a posição das chaves de transferência da Light e do gerador, entre diversos outros itens. Além disso, fornece gráficos, históricos de consumo e de performance dos equipamentos e sistemas monitorados.

elpm tecnologia transporte vertical

Transporte Vertical

O sistema de transporte vertical do Edifício Linneo de Paula Machado (ELPM) é composto por duas escadas rolantes, que dão acesso do Térreo à Sobreloja, 13 elevadores sociais, distribuídos em quatro zonas, e um elevador de serviço, que atende desde o 3º subsolo até o Pavimento Mecânico Superior (PMS). O elevador de serviço, sendo o único que trafega em todos os pavimentos da edificação, é o equipamento utilizado para suporte ao Plano Estratégico de Resposta a Emergência de Incêndio. O atendimento dos elevadores sociais é dividido em: Zona Baixa: Sobreloja, 2º ao 12º andar; Zona Média Baixa: Sobreloja, 13º ao 20º andar; Zona Média Alta: Sobreloja, 21º ao 27º andar; Zona Alta: Sobreloja, 28º ao 34º andar.

O ELPM utiliza o “Lobby Vision”, uma ferramenta de gerenciamento dos elevadores e escadas rolantes, que permite a supervisão em um único ponto de vários sistemas ativos. O “Lobby Vision” permite ligar/desligar diferentes recursos, realizar ações controladas por tempo, registrar cada viagem de cada elevador ou escada rolante, gerando informações estatísticas.

Sistema Elétrico

O Edifício Linneo de Paula Machado possui três Subestações Elétricas (SE) supridas através do sistema subterrâneo da concessionária Light. As subestações estão localizadas nos Pavimentos Mecânicos Inferior (PMI), Médio (PMM) e Superior (PMS) que, através de transformadores, alimentam os quadros de distribuição do Condomínio, dos quais partem os circuitos que atendem áreas comuns e privativas do Edifício. 

As subestações recebem da concessionária 13.800 V (Alta Tensão) e ‘abaixam’ para distribuição/fornecimento de energia interna em 380/220 V (Baixa Tensão). O total de carga instalada é 8.000 kVA, divididos conforme abaixo: 

SE-PMI – 02 transformadores de 1.000 kVA; 13.800 – 380/220 V
SE-PMM – 03 transformadores de 1.000 kVA; 13.800 – 380/220 V
SE-PMS – 03 transformadores de 1.000 kVA; 13.800 – 380/220 V

Refrigeração

O Edifício Linneo de Paula Machado é dotado de duas Centrais de Água Gelada (CAG) que abastecem os equipamentos de refrigeração da edificação. Uma está localizada no Pavimento Mecânico Médio (PMM) e atende à Sobreloja, aos halls dos elevadores (halls sociais) e às salas comerciais do 4° ao 21° pavimento. É composta por três unidades resfriadoras com capacidade de 350 TR cada, totalizando 1.050 TR. A outra CAG está localizada no Pavimento Mecânico Superior (PMS) e atende aos halls dos elevadores (halls sociais) e às salas comerciais do 22° ao 34° pavimento. Dispõe de duas unidades resfriadoras com capacidade de 350 TR cada, totalizando 700 TR.

Curiosidade: 1 TR (Tonelada de Refrigeração) = 12.000 Btu/h (equipamentos convencionais).

elpm tecnologia sistema hidraulico novo

Sistema Hidráulico

O sistema hidráulico do Edifício Linneo de Paula Machado é composto por tubulações, dispositivos, equipamentos e reservatórios que têm a finalidade de abastecer os pontos de utilização de água na edificação. O reservatório localizado no Pavimento Mecânico Superior (PMS) tem capacidade de armazenar 191,83 m³, sendo 140 m³ destinados à Reserva Técnica de Incêndio (RTI).

No Pavimento Mecânico Médio (PMM) um reservatório com capacidade de 50 m³ destina-se exclusivamente à RTI. As cisternas localizadas no 3° Subsolo totalizam 1.270 m³ de água.

A água potável é distribuída através de bombas, ou seja, é um sistema pressurizado (Hidropneumático) composto por: quatro tanques alimentados por três bombas cada (uma para operação normal, uma para complementar os picos de consumo de água e uma de reserva) e dois compressores de ar comprimido com tanque de acumulação.

A distribuição na edificação está dividida em quatro zonas de atendimento: zona 1 - 3° subsolo ao 10° pavimento, zona 2 - 11° ao 19° pavimento, zona 3 - 20° ao 27° pavimento e zona 4 - 28° ao Pavimento Mecânico Superior (PMS).

Backbone

Para um tráfego de dados confiável e seguro, o Edifício Linneo de Paula Machado (ELPM) dispõe de uma rede de fibra ótica de última geração, resistente a chamas e roedores, inserida dentro de eletrodutos galvanizados, instalados verticalmente em todos os pavimentos. O Backbone ou rede principal garante a conectividade de todos os dispositivos ligados à Internet tais como: CFTV, imagens digitais, automação, dados, voz sobre dados e controle de acesso, entre outros. Para isso foram instalados switches de alta tecnologia, inteligentes e capazes de criar e gerenciar redes virtuais que podem ser programadas remotamente pelos operadores do sistema, assegurando o máximo de eficiência no tráfego de rede do Condomínio. O Backbone do ELPM está preparado para as mudanças tecnológicas que virão, pois suporta velocidades de até 10 Giga bits por segundo.

mapa elpm